Reed Hastings, CEO da Netflix, partilhou esta semana a possível intenção da sua empresa começar a ter os filmes ao mesmo tempo que eles chegam às salas de cinema. Será possível?

De acordo com a opinião do CEO, as pessoas não deixaram de estar disponíveis para ir ao cinema apesar de terem os filmes imediatamente disponíveis no seu pequeno ecrã em casa. Um exemplo que Reed deu foi o facto de a produção de DVDs e CDs Blu-ray estarem cada vez mais disponíveis de forma mais célere após a estreia do filme. O que em outros tempos representava 1 ano de espera, agora são 3 meses (às vezes nem tanto). E a verdade é que ninguém deixou de ir ao cinema.

Estaremos a caminho de uma Netflix que é verdadeiramente o cinema em casa?