Nathan Copeland sofreu um acidente de carro quando tinha 18 anos, há 10 anos atrás. Nesse acidente partiu o pescoço e ficou tetraplégico. Agora, num estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh, nos EUA, ele conseguiu não só controlar um braço robótico como também sentir o toque através dos dedos desse aparelho.

Para conseguir estes resultados, foram implementados 4 chips no cérebro de Nathan. A pesquisa foi publicada no Science Translational Medicine e abre agora novas portas sobre o futuro desta área.

Este estudo começou o ano passado quando dois dos chips foram implementados numa região do cérebro de Nathan que comanda os movimentos do corpo (córtex) e os outros dois na área responsável pelas sensações (córtex sensorial).

Uma coisa que falta ainda trabalhar no projeto é uma forma mais simples de integrar os cabos e próteses no paciente. Contudo, Nathan mostrou-se incrivelmente satisfeito e chegou até a comparar a situação com a famosa personagem Luke Skywalker.

Saiba mais sobre este projeto no vídeo em baixo.